terça-feira, 7 de agosto de 2007

José, o bêbado

Quando José bebia
José se esquecia da vida
E parecia que a vida amava José

Quando José chorava
E tão logo a bebida encantava José
José se esquecia que não tinha mais nada.

José, daí, quando sorria
Esquecia o José que nada fazia
Quando bebia e sorria, José não chorava
José se esquecia que a vida também não lembrava
Do José, nunca...

7 comentários:

Emilio disse...

Enquanto José bebia
O autor estava com outros amigos
José esquecia que o autor não o queria mais

José sente saudades das risadas
Estas que hoje passam por outros rostos
Apenas bons minutos hoje satisfazem José

José fica triste
O Autor diz ser ex-amigo
José chora, bebe e se diverte com o ótimo passado.

;P

Lilian disse...

Très bon!

"E agora, José?"

Jimmy Karras - O exorcista disse...

Boa zé (emílio)
fico melhor do que o original

Marcos disse...

Há tempos não sei qual será, verdadeiramente, o destino de José, ainda mais, no País do Luiz...

Enquanto isto, Nobre Articulista, o Emilio arrasou na resposta, não ao texto, mas ao amigo ausente.

Desta feita, homenageio a demonstração de amizade sincera, aquela que não exige nada além da reciprocidade.

Quanto ao José, Drummond lhe deu brilho, e vc caríssimo escritor, lhe deu vida !!!

Vivas à amizade sincera !!!

Anônimo disse...

Acabei de ler sobre um estudo para verificar se o álcool aumenta a agressividade...
Depende se vc estiver entretido ou não. Aliás, se estiver entretido, a agressividade é menor que a de pessoal não-alcoolizadas..

Será que José foi voluntário?
A bebida usada foi a vodca...

Thiago Crespo disse...

Enquanto José bebia
José quase se esquecia que o Autor existia
Mas o Autor, enquanto trabalhava,
tinha certeza que José o amava
como ele amava José

Também sentia saudades
também enxergava outros rostos
Mas a todos bastavam poucos minutos

Quando José bebe e chora, enganado,
o Autor brinca e sorri na certeza de se lembrar
Da amizade, sempre,
De sempre.

José de Arimatéia disse...

Eu nunca fui bebâdo
você é um herege
vai arder na chama do inferno
TRATANTE