quarta-feira, 12 de março de 2008

A neurótica

- Amor, tô pensando em fazer alguma coisa diferente no cabelo.
- Como assim?
- Sei lá, tingir, alisar, mudar o corte.
- Pra quê, amor? O seu cabelo é perfeito.
- Ai, como você não colabora!
- Ué...
- Eu tô afim de um new look, pô! É pra você, também, sabia?
- Mas eu gosto do seu cabelo assim, minha linda. De verdade, não tem mais bonito.
- ...
- Eu juro.
- Como você é insensível. Eu quero mudar!
- ...
- Me ajuda, ora!
- Deixa ver...
- E não é cortar três dedinhos de cabelo. Eu quero ficar diferente.
- ...
- Vai! Como você me acharia bonita?
- Assim, do jeito que está.
- !
- Que tal curtinho, então? No ombro.
- Por quê?!
- Ficaria lindo, diferente e...
- Quem é a vagabunda que usa o cabelo assim?!
- Hein?
- Acabou tudo, canalha!