sábado, 13 de junho de 2009

desalinhado

Chorou, mas era de felicidade
Sorriu, mas era de saudade
Amou, mas era de verdade

Das poucas de suas virtudes, era à contradição que mais se apegava.

2 comentários:

Mr. Neck disse...

Daqui a pouco quem vai chorar sou eu, de saudade, se vc não aparecer logo para aquela geeeelaaaaaaa!!
E tenho dito!

Suzina disse...

Eeeee!!! Tava sentindo falta dos seus posts!!!