domingo, 13 de fevereiro de 2011

Nove linhas sobre Ronaldo

O maior artilheiro de todas as Copas, três vezes o melhor do mundo. Embaixador da ONU, do bem, da bola. Ídolo dos opostos, Real e Barça, Inter e Milan. Corinthians e o restante do Brasil.

Ainda que as novelinhas que permearam sua carreira preencham tablóides inteiros, nove linhas são suficientes para dizer de Ronaldo o que Ronaldo de fato é.

Agora, que ele deixa os gramados, defrontaremo-nos com a resposta do episódio mais discutido nos últimos anos. E não é a balança quem vai revelar o peso de Ronaldo, mas a História. Valeu, Fenômeno.

5 comentários:

marcoshadji disse...

"Foi bom enquanto durou"

Parafraseando poema do Poetinha:

"Que seja infinito enquanto dure"

Com todas as venias, não foi nem de longe (em termos de jogador/ídolo do Sport Club Corinthians Paulista) um Luisinho, Roberto Rivelino, Neto, Socrates e Marcelinho Carioca, contudo, nenhum destes teve o Mundo a seus pés, tão pouco foram artilheiros de alguma Copa do Mundo.

Embora tenha sido tão efêmero quanto Carlitos Tevez, sua estrela brilhou tão ou mais intensamente que a dos supra citados!

O fanatismo, a ignorância, e o desespero pela conquista das Américas, anteciparam o que já deveria ter acontecido em 2010.

Resta-nos que ao menos continue a trabalhar nos bastidores do futebol, gerenciando e administrando o Marketing e Publicidade do Timão.

"Vai Corinthians"

Mr. Lemos disse...

Não arrisco dizer mais nada sobre o assunto. Vc já disse tudo, com a maestria de sempre. Passar por aqui, aliás, aliviou um pouco minha alma saudosa. Pq um ídolo acabou de se aposentar, mas o outro ainda tá aqui na ativa... e produzindo mais do que nunca. Parabéns, irmão!

Letícia disse...

Falou pouco, mas falou bonito! Rs
Beijos!

Mr. Lemos disse...

Tem outra muito boa tb... "as lesões foram a forma que Deus encontrou de reparar um exagero que cometeu..."

Ana Claudia disse...

Ele tem uma estrela sim.